Alagoinhas ganhará nova rodoviária

Foi feita, em Alagoinhas, a apresentação do anteprojeto que será assinado entre a Prefeitura e a Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário Turístico (SINART) que fará uma ampla reforma e passará a administrar o Terminal Rodoviário Clériston Andrade.

A empresa terá a cessão do espaço por 25 anos e serão investidos cerca de R$ 500 mil. A obra possui dois momentos, o primeiro são as obras realizadas pela Prefeitura no entorno do Terminal e, o outro momento, é a total requalificação do equipamento pela SINART. “Esse não é um projeto meu. Essa é a nova realidade da população de Alagoinhas. Assumi essa responsabilidade, que era do Governo do Estado, e tenho certeza que junto com a SINART vamos proporcionar uma das rodoviárias mais modernas do Estado da Bahia”, disse o prefeito Paulo Cezar.

Alagoinhas passa a ser a primeira cidade da Bahia com esse modelo de gestão. Desde a construção, na década de 80, a rodoviária nunca passou por uma reforma. A secretária de Infraestrutura e Planejamento Urbano Sônia Fontes garantiu que essa é uma obra de requalificação feita a ‘quatro mãos’. “Acesso, canteiros, iluminação pública, praça e toda a comunidade do Jambeiro ficam sob responsabilidade do município. Infraestrutura, recapeamento asfáltico, estrutura física, pintura, aparelhagem e administração a SINART assume”.

As obras da rodoviária

Na área externa será feito o fechamento do sítio, através de cercas em estacas de concreto com tela de arame revestido; repavimentação do sistema viário e reurbanização com passeios, meio-fio, iluminação externa e sinalização de trânsito; controle de acesso à área com guarita de alvenaria e cancela eletrônica; paisagismo e nova arborização de grande e pequeno portes; revitalização do estacionamento com pavimentação e marcações e passeios adaptados para portadores de necessidade especiais.

Já na parte interna ocorrerá uma recuperação e manutenção dos pisos, inclusive o que é utilizado pelos veículos (ônibus) com a reposição dos blocos em paralelo e dos pavimentos em concreto, limpeza e sinalização. Com relação à estrutura, a SINART vai instalar eletrocalhas com leio de apoio à fiação, substituição das luminárias e troca das lâmpadas queimadas. A cobertura passará por manutenção da estrutura espacial, substituição das telhas furadas e a limpeza das telhas de fibra de vidro, proporcionando iluminação adequada.

Portas, janelas e a fachada, como um todo, terão cores, texturas e tamanhos padronizados. Uma das maiores solicitações dos usuários é com relação aos banheiros. A SINART realizará obras em toda a estrutura existente, tornando os banheiros nos padrões de aeroportos e outras rodoviárias que eles administram. Será feita a substituição do revestimento, recuperação das instalações hidráulicas, substituição de bancadas, cubas, bacias, sanitários e divisórias dos boxes. Além disso, será feita a instalação de acessórios (saboneteira, papelaria e lixeira).

SINART

Fundada em 1974, com a inauguração do Terminal Rodoviário de Salvador, além de capital baiana, atua em mais de quatros estados brasileiros (São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás e Amazonas), na construção e administração de rodoviárias, aeroportos, hotéis e estacionamentos. Foi a primeira empresa da América Latina a obter o Certificado Internacional ISO 9001 na Rodoviária de Salvador.
Emprega, atualmente, cerca de cinco mil colaboradores e profissionais especializados em diversas áreas.




Deixe seu comentário